Vistoria com drone: tudo o que você precisa saber

inspeção se caracteriza pelo ato de avaliar uma área, atividade ou produto por meio da observação visual e, consequentemente, emitir laudo capaz de comprovar o seu desempenho satisfatório ou não.

drone é um dos equipamentos usados na vistoria para acompanhar, verificar falhas, rachaduras, equipamentos danificados, entre outros, por meio de fotos, filmagens e mapeamentos.

De acordo com o Capitão Controlador de Tráfego Aéreo Ricardo Silva de Oliveira, a substituição de aeronaves por drones para inspeções diminui os custos do processo e aumenta a segurança operacional.

“A aeronave comum precisa de combustível, pilotos altamente capacitados e os equipamentos que leva a bordo são caríssimos. Com os drones, é possível, inclusive, realizar as inspeções em condições meteorológicas mais críticas, em que a aeronave não conseguiria”.

Drones para inspeções industriais

A adoção de drones em escala industrial oferece precisão e agilidade na vistoria de plantas e equipamentos de grande porte, redução de acidentes de trabalho, aumento da qualidade e velocidade de detecção de problemas, gerando ações preventivas de reparo em equipamentos.

Há também outros benefícios oferecidos pelos drones, entre eles, inspeções de linhas de transmissão de energia elétrica.

A inspeção com drones na indústria tem várias aplicações entre elas:

Metalúrgico

Inspeção de alto-fornos com câmeras termográficas para identificação de rachaduras.

Petroquímico

Inspeção de tanques para identificação de vazamentos

Setor elétrico

Inspeção de torres de alta tensão para identificação da presença de cabos ou conectores frouxos.

Setor telecom

Inspeção de antenas para detectar a presença de pássaros ou insetos que causem interferências.

Telhados e coberturas

Inspeção para identificar telhas soltas ou danificadas.

Importante ressaltar que a inspeção com  drones já ocorre em seguradoras, e companhias do setor petrolífero.

Leia mais: Inspeção com drones.

Inspeção termográfica com drone

A termografia é um ensaio que capta por meio de uma câmera termográfica a radiação infravermelha emitida pelo objeto analisado.

Esta radiação varia de acordo com a emissividade e temperatura a que o corpo está sujeito, de forma que o aumento da mesma é diretamente proporcional à temperatura.

Drone para geoprocessamento

O geoprocessamento com drones ocorre quando se emprega a técnica, usando um veículo que é controlado à distância.

Além do longo alcance que o drone permite, esta técnica de geoprocessamento é bem menos onerosa.

Pode-se fazer o geoprocessamento com drones  em

  • áreas com desmatamentos,
  • mapear e vigiar áreas protegidas,
  • monitorar a biodiversidade,
  • ajudar a combate a caça, os incêndios florestais e a exploração de recursos naturais.

Melhor drone para mapeamento

A primeira grande vantagem em usar drones para mapeamento é a de se conseguir mapear áreas imensas.

Se se levar em conta o tipo do drone e o recurso técnico, há no mercado drones que possuem sistema RTK embutido, o que possibilita a ocorrência  de dados cartográficos precisos, sem, contudo, ter a necessidade de um equipe de trabalho em solo.

Dessa forma, o uso drone para essa técnica alcança grande quantidade de serviços topográficos, que se iniciam na topografia para a mineração, passando georreferenciamento de imóveis rurais, até o processamento do dados cartográficos.

Se o conteúdo foi interessante para você, deixe seus comentário ou entre em contato com a  Lord Drone. Estamos aqui para lhe oferecer informações,  tirar quaisquer dúvidas.

Compartilhe em suas redes sociais

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Posts Recentes

Inscreva-se para receber novidades

Receba nossas novidades assim que publicadas.

Posts Relacionados

Confira algumas matérias relacionadas com a que você está lendo!